Noroeste Paulista – Conselho Nacional de Saúde aprova curso de medicina de Votuporanga

Com a aprovação, o processo de liberação do curso será encaminhado agora ao Ministério da Educação, que deve homologar a decisão
O Conselho Nacional de Saúde (CNS), órgão integrante da estrutura regimental do Ministério da Saúde, aprovou, nesta quinta-feira (26/01), em Brasília, o curso de Medicina da Unifev – Centro Universitário de Votuporanga. A informação foi confirmada pelo prefeito de Votuporanga Junior Marão, que está na capital do Brasil acompanhando todo o processo. Marão destacou que o momento é histórico para o município e o definiu como uma vitória. “Esta é uma conquista de todos”, afirmou.
A aprovação pelo Conselho Nacional de Saúde ocorreu por unanimidade e foi acompanhada pelo prefeito Junior Marão, além do presidente da Câmara Municipal, Mehde Meidão Slaiman Kanso, dos vereadores Osvaldo Carvalho, Encarnação Manzano e Silvio Carvalho, do reitor da Unifev, Marcelo Lourenço, do pró-reitor administrativo da instituição, Marcelo Casseb, do assessor do deputado federal João Dado, Roberto Holanda Craveiro, do empresário Antônio Carlos Haddad e do Diretor Jurídico-Administrativo da Câmara Municipal, Dr. Jerônimo Figueira da Costa.
Com a aprovação pelo CNS, o processo de liberação do curso será encaminhado agora ao Ministério da Educação, que deve homologar a decisão e publicá-la no Diário Oficial da União. “Este é uma das etapas mais importantes, pois apesar do Conselho Nacional de Saúde ser um órgão consultivo, essa decisão tem um peso muito forte, já que o MEC tende a acompanhar as decisões do CNS”, explicou.
O prefeito Junior Marão destacou o empenho de toda a equipe da Unifev – Centro Universitário de Votuporanga e também dos deputados federais João Dado (PDT) e Vicente Cândido (PT), além do empresário Halim Haddad, para agilizar os trâmites acadêmicos e burocráticos exigidos para a efetiva implantação do curso de Medicina. “Foi uma somatória de esforços de todas as lideranças de Votuporanga e que foi recompensado”, disse.

Referência em saúde
A criação do curso de Medicina em Votuporanga será importante por vários aspectos de acordo com o prefeito Junior Marão e colocará a cidade, definitivamente, em uma posição de referência em saúde para toda uma grande região e também consolidará o município como pólo no ensino superior.
O prefeito destaca ainda que Votuporanga tem todas as condições de manter um curso de medicina de alta qualidade. “A Santa Casa é modelo administrativo para todo o Estado e referência para serviços de alta complexidade para uma população de mais de 500 mil pessoas. Além disso, temos um dos melhores Centros Universitários do Brasil, mantido pela Fundação Educacional, uma instituição com mais de 40 anos de existência e que dispõe ainda de moderna infra-estrutura em dois campi universitários”, disse.
Outro ponto importante é que a criação do curso de medicina ampliará a capacidade de atendimento na área da Saúde com a formação de novos profissionais. “Hoje existe um déficit de médicos em todo o Brasil, principalmente nos municípios de pequeno e médio porte, tanto na rede básica, quanto nos hospitais”, explicou

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: