GOVERNO TUCANO DE SÃO PAULO APRESENTA PROPOSTA AOS SERVIDORES DA SAÚDE. ESTADO DE GREVE É MANTIDO

Assembleia avaliou proposta do governo para os administrativos insuficiente

 

Em assembleia ontem, 12/08, os trabalhadores da saúde debateram a proposta anunciada ontem pelo governo do estado e deliberaram a continuidade do estado de greve.

A proposta inclui a reestruturação dos cargos e salários da saúde (LC 674/92), com aumentos de 13% a 19% sobre a remuneração total, e um reajuste de 7% sobre a remuneração total mais parte de um prêmio para os administrativos da saúde (LC 1.080/08).

Os trabalhadores avaliaram positivos os avanços conseguidos com a mobilização da categoria, porém querem mais informações sobre o prêmio divulgado para os administrativos da saúde e conhecer a íntegra do projeto de reestruturação da saúde que, segundo o governo, deve ser enviado em breve para votação na Assembleia Legislativa. Também querem o aumento do vale-refeição e a regulamentação da jornada de 30 horas para os administrativos da saúde.

A assembleia decidiu manter o estado de greve para garantir a implementação dos avanços negociados com o governo e conquistar aumento digno para os trabalhadores da área administrativa.

O governo aposta na divisão da categoria. Mas o SindSaúde-SP lutará para manter todos juntos. “Não haverá divisão na saúde!”, finalizou o presidente do SindSaúde-SP, Benedito Augusto de Oliveira.

Confira a proposta do governo para a saúde

Proposta do governo para saúde.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: