A 5ª Conferencia Municipal de Saúde de Jales, no Noroeste Paulista.

A etapa municipal da 14ª Conferencia Nacional de Saúde em Jales foi concluida neste sábado 2 de julho. Foi precedida de pré conferencias locais, organizadas conforne as áreas de abrangência das ESF urbanas, juntas duas a duas e tambem foi feita uma específica para a Zona Rural e outra pré para os trabalhadores, onde foram eleitos os delegados.

Delegados e Convidados Presentes na Abertura da 5ª CMS de Jales

Uma das emendas aprovovadas ao  Regimento da Conferencia Municipal de 2011 estabeleceu prazo de 4 dias para que a Comissão de Relatoria entregue aos Poderes Legislativo e Judiciário o conjunto das propostas aprovadas, bem como ao Ministério Público Federal e Estadual.O prazo é o mesmo dado pelo CES/SP – Conselho Estadual de Saúde  para o envio do “relatório” aos organizadores da fase regional que acontecerá em São José do Rio Preto.

As propostas aprovadas tambem estarão diponíveis para qualquer entidade ou cidadão que solicite na Secretaria Muncipal de Saúde.

Outro aspecto que merece destaque foi a deliberação de um cronograma que estabeleceu tetos de tempo para todas as fase da elaboração e impressão final do relatório a ser entregue em todas as unidades de saúde para consulta e distribuição aos usuários, trabalhadores, prestadores de serviço e gestores do SUS no município.

A 5ª Conferencia Municipal suportará vários olhares e acreditamos ser necessário que publiquemos mais de um texto buscando dar uma visão mais ampla da sua organização, realização, debates, deliberações…em fim, uma visão mais inteira, que inclua as curiosidades e bastidores.  Vamos aguardar a entrega formal das propostas aprovadas para iniciarmos a publicação da série.

Vice Prefeito Clóvis Viola Saúda os Conferencistas na Cerimônia de Abertura da 5ª Conferencia

De imediato vamos a algumas curiosidades.

Sentimos a ausência do Nobre Alcaide na Cerimônia de Abertura. Mas ela não foi lamentada, evitou constrangimentos desnecessários e nos possibilitou ouvirmos a fala firme e coerente do ainda Vice-Prefeito Clóvis Viola.

Entre as curiosidades tambem a total ausência de Profissionais Médicos, seja como delegados, convidados ou simples observadores. Sinal claro da existência de alguma situação muito mal resolvida na construção do SUS Municipal.

Esta ausencia ficou gritante, mesmo para aqueles mais desligados, por um lamentável acidente, que não foi mais grave em virtude da presença do membro Corpo de Bombeiros Cleyton Campos, marido da presidente do Conselho Municipal de Saúde que trabalha no “Resgate 193” e também de várias enfermeiras.

Acidente

Uma criança que brincava fora da Plenária desequilibou-se e tombou de uma altura de mais de dois metro, talvez três ou quatro, pois estava brincando nas

A criança caiu da escada existente acima do nível do piso que se vê na foto

escadas.  Foi de imediato socorrida pelo bombeiro Campos e por enfermeiras participantes da Conferência de Saúde.

O tempo de espera para a chegada da ambulancia de Resgate dos Bombeiros foi pouco, menos de 15 minutos e menos de 1 minuto depois chegou tambem a equipe de resgate do SAMU.

Mas os poucos minutos pareceram uma eternidade e enquanto os conferencistas aguardavam o atendimento à criança varias foram as reações e manifestação de inconformismo com a não presença dos Médicos à Conferência Municipal de Saíde de Jales.Enquanto a Viatura de Resgate ou o SAMU eram aguardados os primeiros cuidados e orientações  foram prestados pelos presentes

Foram longos 15 minutos de espera e burburinho. Manifestações de solidariedade, apoio e tambem de visível irritação surgiam a cada minuto.

Foi um grande alívio para todos quando as equipes de socorro chegaram e removeram a menina para o Pronto Socorro, onde foi atendida. Segundo informações que circularam depois no local. A criança foi atendida e passa bem.

Devidamente imobilizada e protegida a criança foi levada ao Pronto Socorro

Ficamos depois todos a pensar no imenso simbolismo dos incidentes e do acidente… Não fosse a existencia dos Programas Federais e Estaduais que teria acontecido na Conferencia Municipal de Saúde de Jales ? Terá sido mero acaso que justamente o Clayton Campos, tão perseguido, ele e sua esposa, pelo Nobre Alcaide fosse um dos protagonistas, um dos “Anjos de Guarda” ?

Depois fui lembrando do destino, do tratamento dado pela  equipe de Governo aos que tanto se empenharam em trazer para Jales o SAMU, em fortalecer ao Consórcio de Saúde e ao Pronto Socorro Regional…

É.. há mais mistérios entre o céu e a terra do sonha nossa vã filosofia. Falando em filosofia e mistérios foi inevitável lembrar do “Profeta do Apocalipse” proclamando que “as duplicatas vencem”.

Depois trataremos da 5ª Conferencia Municipal de Saúde de Jales… mas podemos adiantar, que ela foi “marcante”…ah!… isto foi!

Anúncios
1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: