Noroeste Paulista, Jales – SP. Município de 50 mil habitantes tem dois casos confirmados de Dengue por dia em maio.

Não se tem informação, até agora, quanto a organização da Conferencia Municipal de Saúde no município…

CASOS DE DENGUE EM JALES AUMENTAM EM MAIO E CHEGAM A 92 NO ANO

O vice-prefeito Clóvis Viola, presidente do Comitê de Combate à Dengue em Jales, tem percorrido os meios de comunicação para, mais uma vez, alertar para os perigos da dengue, que, somente nos primeiros 20 dias de maio, já apresentou 40 casos positivos. Para Clóvis, a única explicação para o aumento dos casos é o desleixo da população, uma vez que as chuvas e o calor diminuíram bastante em maio, fatores que deveriam ter levado também à diminuição da quantidade do mosquito Aedes Aegypti e, consequentemente, à redução do número de vítimas da dengue.

Até ontem, já eram 92 os casos de dengue em Jales, sendo 05 em fevereiro, 15 em março, 32 em abril e, por enquanto, 40 em maio.

Observe agora outra publicação, feita na segunda quinzena de março, na mesma cidade…

PEIXES DA PRAÇA JAPONESA MORREM ASFIXIADOS

Hoje pela manhã, enquanto a nossa doce primeira-dama – no Antena Ligada, o noticioso da Antena 102 – convocava a população ordeira de Jales para desfrutar de uma exposição sobre 2a. Guerra Mundial e as bombas atômicas de Hiroshima e Nagasaki, outra parte da imprensa era convocada para registrar o morticínio de peixes na recém-denominada “Praça Japonesa”, localizada bem em frente ao nosso Terminal Rodoviário.

Até a semana passada, conforme já foi registrado neste blog, a situação da praça – que ganhou motivos japoneses, inclusive um Buda, graças a uma idéia brilhante do secretário José Shimomura – era de abandono. O desleixo com a praça talvez fosse até uma estratégia da administração Parini para mostrar aos visitantes que chegavam de ônibus como eles encontrariam o resto da cidade.  Nesta semana, porém, quem sabe por conta da programação que a primeira-dama está preparando para homenagear a colônia japonesa, a praça passou por um processo de limpeza que há muito não via.

Infelizmente para os peixinhos, a limpeza chegou um pouco tarde. Cerca de quarenta deles, como esses das fotos, morreram nos últimos dias, em função, provavelmente, da sujeira acumulada na água. A matéria sobre a mortandade dos peixes  estará em A Tribuna, edição de domingo, assinada pelo repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca.

Publicados originalmente no blog do cardosinho

Não temos dúvida quanto à necessidade de se chamar a população para se mobilizar no combate à dengue. Acreditamos, tambem, no firme propósito dos responsáveis pelo combate à dengue em desempenhar bem o seu  papel. Mas o problema é maior do aparenta ser…

A verdadeira questão, que muitos insistem em não querer ver, é outra. As políticas de saúde devem ser políticas de Estado, não apenas politicas de Governo. Os trabalhadores precisam ser servidores públicos estáveis. O sistema não funciona sem controle e participação popular. O combate à dengue não é um problema do setor saúde, é um problema de todo o aparelho de Estado, por ser uma batalha que envolve toda a sociedade.

Com a terceirização da saúde pública, caso do município de Jales, os trabalhadores ficam sem estabilidade e podem perder seus empregos facilmente, assim, cuidam de não falar verdades que os gestores não querem ouvir. Na justa medida em que o cidadão não se sentir incluido na gestão do estado, da coisa pública, os governos perdem em adesão e ganham em críticas nos espaços informais. No caso em questão, fica evidente, pela falta de cuidados do poder público municipal com praças e espaços públicos (vide mortalidade dos peixes) que não é só a população a “desleixada”.

A falta de empenho na realização, até agora, da Conferencia Municipal de Saúde é simbólica da postura de “valorização” e “respeito” pelo cidadão. Eis a verdadeira questão, e pode custar caro, pode custar vidas…

Anúncios
1 comentário
  1. cardoso disse:

    Professor, farei outro post com essas considerações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: